Pesquisar este blog

Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade. George Orwell ------------“Eu sou um anticomunista que se declara anticomunista. Geralmente, o anticomunista diz que não é. Mas eu sou e confesso. E por quê? Porque a experiência comunista inventou a antipessoa, o anti-homem. Conhecíamos o canalha, o mentiroso. Mas, todos os pulhas de todos os tempos e de todos os idiomas, ainda assim, homens. O comunismo, porém, inventou alguém que não é homem. Para o comunista, o que nós chamamos de dignidade é um preconceito burguês. Para o comunista, o pequeno burguês é um idiota absoluto justamente porque tem escrúpulos”, Entrevista à VEJA em 1969 Nelson Rodrigues--------

BRAZIL NEWS

Mostrando A verdade que a mídia não mostra - NÃO SEJA MASSA DE MANOBRA. PENSE, QUESTIONE E ANALISE.SAIA DA MATRIX ! Porque o mundo não é como nos contaram, a história foi modificada, a música, o cinema, a política, o esporte, a igreja, os alimentos, tudo está no domínio deles, até o CLIMA.

BRASIL: PT marca reunião e aposta em Lula para 'liderar' militância contra protestos do dia 12 de Abril


Vai começar a guerra civil?!
Como já aconteceu antes, o PT e sua militância da CUT, MST, MTST, UNE e outros irão tentar boicotar os protestos do dia 12/04/2015, que prometem ser muito maiores do que os do dia 15/03. Na sexta 13/03, o PT de Lula e Dilma convocou (e pagou R$ 35 Reais por cabeça) a sua militância para atos que não levaram muita gente para defender o governo Dilma dos milhões que iriam às ruas no domingo.
Uma coisa é certa, não tarda o Brasil entrar em colapso numa guerra civil, aos moldes da Venezuela, provocada pelo PT, Lula, Dilma e sua militância e aliados, os quais imaginam que ficarão para sempre no poder, espoliando sem parar o dinheiro do povo brasileiro.
Agência EFE - O PT aposta na figura do ex-presidente Lula para convocar movimentos sociais a defender o mandato de Dilma Rousseff, em meio a uma crise política derivada do escândalo de corrupção na Petrobras, garantiu à Agência Efe o deputado federal Paulo Teixeira, sexto mais votado da legenda em São Paulo.
"Lula tem capacidade de orientar para buscar uma unidade no discurso de defender o PT. E também tem a capacidade de orientar mudanças no PT, de exigir maior transparência no partido e defender o governo de Dilma", disse o parlamentar.
O ex-presidente será a principal figura na reunião convocada para segunda-feira na capital paulista pela direção nacional do partido que dará início a uma série de atividades para defender o governo em manifestações populares.
Em 15 de março, quase 2 milhões de pessoas realizaram protestos nas maiores cidades, o principal deles em São Paulo, contra o governo da presidente Dilma Rousseff, muitas das quais reivindicavam o impeachment por conta do escândalo de corrupção na Petrobras.
Segundo Teixeira, Lula deverá dar impulso ao projeto do PT de fazer uma reforma política que elimine o financiamento privado de empresas em campanhas políticas.
Nesse marco e frente ao avanço das manifestações opositoras, o presidente do PT, Rui Falcão, divulgou um vídeo convocando à militância a iniciar a partir de segunda-feira "uma verdadeira mobilização popular" em todos os estados para defender o partido que comanda o país desde 2003.
O governo Dilma apostou suas fichas este ano no plano de ajuste fiscal do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, que prevê maior rigorosidade em benefícios sociais, como o seguro de desemprego, o que provocou a rejeição das centrais sindicais.
Foram exatamente a Central Única de Trabalhadores (CUT), o Movimento Sem-terra (MST) e a União Nacional de Estudantes (UNE) que preparam uma mobilização nacional à qual aderirá o PT e parte da esquerda governista para 7 de abril.
A popularidade da presidente, de acordo com uma pesquisa do Datafolha, caiu a 13%, isso depois dela ter sido reeleita com pouco mais de três pontos percentuais de diferença no segundo turno, realizado em outubro do ano passado contra Aécio Neves (PSDB).
A oposição, por sua vez, não vê mais a figura de Lula como agregadora como foi em outros tempos, sobretudo depois dos escândalos relacionados a Petrobras. Na última quinta-feira, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou em entrevista à "Folha de S. Paulo" que enxerga um enfraquecimento da principal liderança do PT. "O Lula perde hoje", disse o presidente de honra do PSDB, sobre uma possível saída de Dilma e convocação de novas eleições. 
(FONTE EFE)


Um comentário: Deixe o seu comentário

ACOMPANHE NOSSAS POSTAGENS NO FACEBOOK

PARCEIRO

PARCEIRO
AGUA É VIDA...

MAIS..

Translate

ACORDE, antes que caia no buraco !

Este site possui custos. Se quiser nos ajudar, clique no botão abaixo. FAÇA UMA DOAÇÃO !

PayPal

Publicidade


Publicidade


Publicidade


FORUM

FORUM
QUEREMOS SABER O QUE VOCÊ PENSA !

OUÇA AQUI!

              
         
        
 
Informações esclarecedoras do Coronel Paes de Lira na Rádio Vox, sobre a situação atual do Brasil (comunismo, nova ordem mundial)

PARTICIPEM

PARTICIPEM !

PARTICIPEM !
se você é um cidadão de bem...

INFOWARDS

INFOWARDS
ALEX JONES SHOW

Blog Archive

Minha lista de blogs

Tintura de iodo

Tintura de iodo
ELIMINAR OS AGROTÓXICOS